CATÁLOGO

A MENINA QUE TINHA MEDO DE SONHAR

A MENINA QUE TINHA MEDO DE SONHAR

Partindo de fatos reais que envolvem a relação entre a menina e um amigo especial, “A menina que tinha medo de sonhar”, ao longo de 26 ilustrações, traduz o medo de uma criança frente aos personagens que povoam a mente de milhares de pequenos, como lobo mau, zumbis, bicho-papão etc.

leia mais
NOVO HORIZONTE: ÁGUAS DA AMIZADE

NOVO HORIZONTE: ÁGUAS DA AMIZADE

Ricamente ilustrado, “Novo Horizonte: águas da amizade” contou com a colaboração de dois memorialistas novo-horizontinos, Anderson David, que assina o prefácio, e Gerson Aparecido Rodrigues. Ambos possuem acervos importantes, principalmente de fotografias históricas.

leia mais
A HISTÓRIA DE POTIRENDABA

A HISTÓRIA DE POTIRENDABA

Uma cidade repleta de histórias de luta, trabalho e conquistas. Uma cidade cheia de histórias de amor, amizade e companheirismo. Uma cidade pujante, sólida na economia e com presença marcante na cultura, política, esporte e desenvolvimento humano. A definição depende das lembranças, passagens e reminiscências que cada morador guarda em um cantinho especial que fica entre a memória e o coração.

leia mais
MENINAS: O SONHO DE BOLA

MENINAS: O SONHO DE BOLA

“Meninas: o sonho de bola” traça um painel vigoroso das condições do futebol feminino no Brasil, além de destacar a trajetória da equipe de São José do Rio Preto (SP), uma das melhores do país. Ancorado em depoimentos de atletas, treinadores, dirigentes e especialistas, a obra coloca o dedo na ferida e expõe sem medidas as dificuldades pelas quais o esporte atravessa atualmente.

leia mais
MARCO ZERO: SEU PONTO DE PARTIDA

MARCO ZERO: SEU PONTO DE PARTIDA

“Marco zero: seu ponto de partida” traz várias possibilidades para que você se encontre consigo mesmo. Aponta ferramentas e caminhos para que você possa ter melhor convivência com as pessoas que estão a sua volta, companheiros de trabalho, amigos, familiares etc. Mostra que o amor tem um grande poder para abrir portas e apresentar alternativas para que você se realize em todos os sentidos.

leia mais
ÉTICA DOS PAIS

ÉTICA DOS PAIS

O Rabino Gilberto Ventura aborda aspectos do cotidiano e os utiliza para ensinar um caminho mais harmônico, verdadeiro, próximo e humano para que todos possam viver a vida plenamente. “Ética dos pais” fala de conduta, comportamento, convívio e respeito a si próprio e ao próximo.

leia mais
UM OLHAR REPUBLICANO PARA O BRASIL

UM OLHAR REPUBLICANO PARA O BRASIL

Coletânea de artigos assinados por Ovasco Resende, presidente nacional do Partido Republicano Progressista (PRP) à época da publicação desta obra, 2017. Ano seguinte, em 2018, o partido foi incorporado pelo Patriota, na qual apresenta suas ideias em relação ao Brasil.

leia mais
RAÍZES JUDAICAS NO BRASIL: O ARQUIVO SECRETO DA INQUISIÇÃO

RAÍZES JUDAICAS NO BRASIL: O ARQUIVO SECRETO DA INQUISIÇÃO

“Raízes judaicas no Brasil: o arquivo secreto da inquisição” reproduz as “listas dos autos da fé” da inquisição de Lisboa, precedidas por uma síntese histórica da imigração judaica na Península Ibérica, o “modus videndi” dos judeus até o período que antecedeu ao estabelecimento da inquisição em Portugal.

leia mais
JOÃO ROBERTO ANTONIO: HISTÓRIAS E MEMÓRIAS

JOÃO ROBERTO ANTONIO: HISTÓRIAS E MEMÓRIAS

“João Roberto Antonio: histórias e memórias” registra a trajetória de um dos mais importantes dermatologistas do país. Na obra, narrada em primeira pessoa, o médico busca na memória os fatos mais marcantes de sua vida e de seus familiares, além de resgatar momentos marcantes da sua vitoriosa carreira profissional.

leia mais
ARTISTAS DO ASFALTO

ARTISTAS DO ASFALTO

O texto de Bruno Ferro ancorado nas imagens de Guilherme Baffi nos desafia a não sermos indiferentes com os diferentes. O desfile de personagens que apresentam composições e atuações aparentemente semelhantes é, na realidade, uma provação, uma sacudida em nossa pasmaceira diária.

leia mais
A CÉU ABERTO: A HISTÓRIA DE DOMINGO BRAILE, O CONSERTADOR DE CORAÇÕES

A CÉU ABERTO: A HISTÓRIA DE DOMINGO BRAILE, O CONSERTADOR DE CORAÇÕES

Elma Eneida Bassan Mendes produz uma biografia vigorosa do cirurgião Domingo Braile, que viveu uma saga de herói do sertão até conquistar sua vitória silenciosa: experimentar o céu aberto e tocar o coração humano. E curá-lo, devolver-lhe pulsação e vida. Para isso, desvendou o impossível e criou o inimaginável. Em Domingo Braile, a devoção à medicina é sanguínea.

leia mais
COMUNICAÇÃO E PESQUISA

COMUNICAÇÃO E PESQUISA

Em “Comunicação e pesquisa”, Lucia Santaella traça um panorama completo da pesquisa em Comunicação e sua história, relacionando-a com os métodos de pesquisa e as interfaces dos campos, permitindo que os pesquisadores, não somente de mestrado e doutorado, tenham balizas para traçar seus projetos de pesquisa na área.

leia mais
AMOR. METÁFORA ETERNA

AMOR. METÁFORA ETERNA

O amor, mistério dos mistérios, se oferece como um enigma permanente a que filósofos, teólogos, ensaístas, escritores e poetas não cessaram de se dedicar. “Amor. Metáfora eterna” percorre boa parte da trajetória dessa reflexão ao longo da história, estabelecendo relações, diferenças, convergências e sobretudo retratando a grande variedade de pontos de vista suscitada pelas flechas de Eros.

leia mais
DIÁLOGOS CULTURAIS II: INTERFACES VICIADAS, COMUNICAÇÃO VISUAL E OUTRAS MEDIAÇÕES

DIÁLOGOS CULTURAIS II: INTERFACES VICIADAS, COMUNICAÇÃO VISUAL E OUTRAS MEDIAÇÕES

“Diálogos Culturais II” é o encontro de diferentes reflexões sobre fenômenos da Comunicação e da Cultura. Traz alguns frutos do diálogo entre diferentes disciplinas e pesquisadores humanistas, com o propósito de encontrar e estreitar vínculos sobre temas da cultura e da sociedade contemporânea, seus cenários e compromissos com a época atual, sob a ótica da comunicação humana.

leia mais
PALAVRAS PROIBIDAS: PRESSUPOSTOS E SUBENTENDIDOS DA CENSURA TEATRAL

PALAVRAS PROIBIDAS: PRESSUPOSTOS E SUBENTENDIDOS DA CENSURA TEATRAL

“Palavras proibidas: pressupostos e subentendidos da censura teatral” trata especificamente do poder de palavras que foram proibidas, censuradas ou cortadas de textos dramatúrgicos apresentados ao Serviço de Censura da Divisão de Diversões Públicas do Estado de São Paulo, entre 1930 e 1970, para liberação e apresentação pública.

leia mais
KOTIT-KALIVÓNOHIKO: UM LIVRO PARA O ENSINO DAS LÍNGUAS INDÍGENAS DA ALDEIA ICATU

KOTIT-KALIVÓNOHIKO: UM LIVRO PARA O ENSINO DAS LÍNGUAS INDÍGENAS DA ALDEIA ICATU

“Kotit-kalivónohiko” é o resultado de um trabalho sobre o reavivamento da cultura e da linguagem indígena, além de uma contribuição à educação indígena, dos povos indígenas do Oeste Paulista, que se iniciou em 2006, quando houve o primeiro contato com a Aldeia Icatu, localizada próxima à cidade de Braúna, interior do Estado de São Paulo.

leia mais
LUÍSAS

LUÍSAS

“Luísas” é uma história de mulheres: de seus desafios e solidões, mas sobretudo de suas inexauríveis coragens, colocadas a duras provas por acontecimentos diante dos quais a existência tristemente nos coloca. O que em grande parte transparece no romance é o afeto pela terra dos avós que sempre guiou a autora e à qual dedicou a própria vida de professora, antes, e de escritora, depois, como ela mesma narra em um capítulo do romance.

leia mais
TEMPO, TECNOLOGIA E MÍDIA: O ROUBO DO PRESENTE E A CONSTRUÇÃO DO FUTURO NOS GRUPOS SOCIAIS

TEMPO, TECNOLOGIA E MÍDIA: O ROUBO DO PRESENTE E A CONSTRUÇÃO DO FUTURO NOS GRUPOS SOCIAIS

A investigação iniciada com a pesquisa que resultou na obra “Tempo, tecnologia e mídia: o roubo do presente e a construção do futuro nos grupos sociais” buscou apenas esgueirar o olhar de um espelho para vislumbrar o tempo em natureza cultural, como vínculo simbólico que mantém o intelecto humano debruçado sobre o processo civilizatório.

leia mais
DO HOMEM-PLACA AO PIXMAN: O CORPO COMO SUPORTE MIDIÁTICO

DO HOMEM-PLACA AO PIXMAN: O CORPO COMO SUPORTE MIDIÁTICO

Do decadente e deprimente cenários de placas ambulantes dos centros deteriorados de nossas cidades, carregadas por carcomidas figuras humanas já descartadas para o trabalho formal e oficial, aos painéis digitais e telas eletrônicas carregados por corpos joviais e atléticos em regiões de grande circulação do alto poder aquisitivo, é essa transição que nos apresenta “Do homem-placa ao pixman: o corpo como suporte midiático”.

leia mais
IDENTIDADES CRUZADAS: CCBB, CLARALUZ DE REGINA SILVEIRA E SEUS ESPECTADORES

IDENTIDADES CRUZADAS: CCBB, CLARALUZ DE REGINA SILVEIRA E SEUS ESPECTADORES

“Identidades cruzadas: CCBB, Claraluz de Regina Silveira e seus espectadores” traz uma análise da exposição “Claraluz”, de Regina Silveira, e seus reflexos na construção da identidade do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo (CCBB-SP), um espaço arquitetônico localizado no antigo centro histórico de São Paulo que fora o primeiro prédio próprio desse banco da capital paulista.

leia mais
PRÊMIO LITERÁRIO FÚLVIA TESSAROLO

PRÊMIO LITERÁRIO FÚLVIA TESSAROLO

“Prêmio literário Fúlvia Tessarolo” reúne 20 cartas selecionadas pela Academia Rio-pretense de Letras e Cultura, as quais apontam autores que souberam com maestria enfrentar o gênero, sem deixar perder-se a boa mescla de ancestralidade e modernidade que marca as cartas da era em que vivemos, tão tecnológica e, ao mesmo tempo, tão pródiga na expansão da liberdade criativa do espírito.

leia mais