A Exposição

A exposição “Memória: Ressignificação do Tempo” busca resgatar a memória da cidade Potirendaba e disponibilizar acervo de imagens que perpassa toda a sua história, possibilita entender seu presente e joga luz sobre o futuro.

O acervo imagético abarca desde o início do povoado que deu origem à cidade, na década de 1910, até os dias atuais. Fisicamente, a exposição está abrigada em um ícone histórico, o Clube Icaraí, que iniciou suas atividades em 1962.

Do ponto de vista histórico, “Memória: Ressignificação do Tempo” se apoia no acervo fotográfico e documental do pesquisador Francisco Riva, na própria história do Clube Icaraí e na memória oral (depoimentos de seus moradores).

Galeria de fotos

As fotografias disponíveis abrangem registros importantes na história da cidade, além de flagrantes do dia a dia de moradores anônimos ou não que proporcionam um mosaico da população potirendabana.

Galeria de Videos

Os vídeos permitem o registro oral da fatos importantes da história da cidade e do próprio depoente. A memória oral é componente importante na identificação de usos e costumes de uma comunidade.